LEI NESARA E O 11/09- IGUALDADE, FRATERNIDADE E JUSTIÇA SOCIAL

Pessoal seguem informações sobre a Lei Nesara, mais um fato que passou despercebido pela massa devido as articulações da elite global(illuminati)

Atentado 9/11 – “Chapéus Brancos” assassinados lá, e a LEI NESARA

Quem são os “Chapéus Brancos”

Os “Chapéus Brancos” é uma referência alegórica para os “mocinhos” retirada da tradição do cinema americano, em que os bons vaqueiros sempre usavam chapéus brancos e os maus (bandidos, ladrões, bandidos barões de terras) usavam chapéus pretos.

Ela tem sido usada para se referir a um grupo secreto do governo e agência pessoal que trabalham em nome das pessoas em oposição à cabala desde o final da década de noventa, originou-se nas cartas escritas por uma pessoa, então conhecida como “a Dove”, que começou a tornar pública a lei secreta conhecida como NESARA[/code], ela se referiu a suas origens como [i]“Chapéus Brancos”, NESARA foi uma lei criada como resultado de uma ação judicial perdida pelo governo dos EUA para os bancos em 1993, e NESARA foi para resolver esse problema legal, uma equipe especial do pessoal da Marinha dos EUA foi encarregada de implementá-la e, seus esforços culminariam com o anúncio em setembro de 2001, George Bush pai mexeu os pauzinhos para serem assassinados e a promulgação da lei ser parada.

Um plano foi criado para matar todos ao mesmo tempo em um lugar onde seria implementada a lei, o ataque em 9/11/2001 foi capaz de eliminar toda a equipe e cobrir o seu trabalho na sequência usando o Ato Patriota, criado apenas um dia após os eventos de 9/11.

A equipe Naval estava em seus escritórios no Pentágono, quando foi atingida por um míssil de cruzeiro anti-navio projetado para bater um pouco acima da linha de água e penetrar no motor antes de explodir, um farol foi colocado nos escritórios para guiá-lo, nenhum avião de passageiros foi envolvido.

O World Trade Center abrigou toda a operação para implementar NESARA porque seus organizadores de alto nível, (Greenspan, Clinton) configuraram dessa maneira, todas as funções de implementação foram fornecidas pelos escritórios nos prédios do World Trade Center (incluindo Edifício Sete), quando eles estavam lá na manhã de 9/11 foram atacados por assassinos que mataram todos conectados com a operação, em seguida os prédios envolvidos foram demolidos com explosivos pré-instalados, este trabalho foi terceirizado para equipes de fora dos EUA, principalmente criminosos e agentes sem alma dentro de agencias dos EUA, Israel e a inteligência global da URSS.

Assim em um dia em 11 de setembro de 2001, toda a equipe original de “Chapéus Brancos” foi assassinada e sua história retirada dos registros.

Agora vamos chamar os seus homólogos atuais de “Chapéus Brancos” também, eles estão organizados a nível mundial neste momento e envolve muito mais pessoas na derrubada deste bando de criminosos cruéis pelo que eles fizeram durante a primeira tentativa em 9/11, hoje esse grupo é mais secreto e seus membros recrutados não são apenas os membros mais honestos na aplicação da lei, mas os membros de civilizações mundo afora, e os seres humanos do interior da Terra, que estão aqui para combater os poderes e habilidades dos criminosos sem alma, cujo alto nível de direção vêm da aliança Arconte, uma sociedade oligárquica de criminosos galácticos, que usaram a Terra como uma lixeira para as almas daqueles que não seria bom drones em outros mundos de suas sociedades multi-estrela.

Os “Chapéus Brancos” são a resistência Planetária agora, o amplo conhecimento do que aconteceu e continua a acontecer no presente, uniu homens e mulheres honestos por toda a galáxia que estão empenhados em acabar com o reinado das trevas que tanto envolveu o nosso planeta, estes “Chapéus Brancos” estão reunidos não só em nome da justiça mas em nome do Criador, utilizando o aumento de frequências de um evento divino que irá livrar o planeta do mal de todos os tempos, a passagem de nosso sistema solar para uma frequência maior de energia fará com que esses avanços do amor e da verdade sejam possíveis agora como nunca antes foi.

Os “chapéus pretos” estão terminando seu tempo, seu propósito chegou ao fim, a enorme população do nosso planeta está agora entrando numa era de serviço universal para toda a criação, nossa genética e, nossos espíritos foram treinados e testados para atender as necessidades da luz amorosa que vai curar a galáxia, direcionando todos os seres para o amor, a união e a paz, não haverá mais divisão e conflito fazendo parte da nossa composição com as altas frequências direcionando a ignorância e o medo para fora da nossa presença.

Logo todos nós seremos “Chapéus Brancos”, irradiando a luz branca do amor, da verdade e da paz para todos em toda a Galáxia, é o nosso destino, sempre foi o nosso destino, nós somos o povo da Terra. [/i]

LEI NESARA:

PROJETO NESARA

Em algumas das mensagens da Federação Galáctica e do Comando Ashtar aparece o termo “NESARA” e, muito provavelmente, daqui para frente deverá ser um assunto corriqueiro.
Portanto, achamos por bem dar conhecimento aos seguidores e leitores do Blog Alma Céltica do que vem a ser: NESARA.

N. E. S. A. R. A.

É uma sigla que significa National Economic Security And Reformation Act (Ato para a Reforma e Segurança Econômica Nacional), que congrega um conjunto de reformas econômicas sugeridas pelo norte-americano Harvey Francis Barnard, durante a década de 90, incluindo a substituição do Imposto de Renda por um imposto nacional de vendas, abolindo os juros compostos em empréstimos garantidos e retornando a uma moeda bimetálica. Isso resultaria em inflação de 0% e economia estável.
Graduado em Louisiana, em Sistemas de Filosofia, consultor de engenharia e professor, Barnard criou a NESARA durante os anos 80 e início da década de 90, intitulando-a “A Drenagem do Pântano Monetário e Reforma Política fiscal” e enviando cópias aos membros do Congresso norte-americano (1996).
Após inúmeras tentativas infrutíferas e vazamento da proposta no âmbito do governo, Barnard decidiu lançá-la para domínio público na Internet, no ano de 2000 e, em 2001, criou o Instituto NESARA; além de um livro intitulado “Drenagem do Pântano: a História NESARA – Reforma Política Monetária e Fiscal” (2005).

[Imagem: NESARA+-+livro.gif]

A HISTÓRIA:

Para entender porque surgiu esta lei, precisamos recuar à queda da Bolsa de Valores de Nova Iorque, em 1929. Nessa ocasião, o sistema bancário norte-americano, apoiado pelo próprio governo, começou a implementar certos esquemas para se apossar das terras dos fazendeiros norte-americanos. Estes reagiram a essa espoliação, entrando na justiça. Muitos anos se passaram nessa batalha judicial. Em 1993, a Suprema Corte dos EUA, praticamente por unanimidade, decidiu a favor das alegações do Farmer’s Union (Sindicato dos Fazendeiros) de que os bancos norte-americanos estavam fraudulentamente executando hipotecas de fazendas em conluio com o governo, e, ainda, que a emenda que instituiu o imposto de renda no país nunca foi apropriadamente ratificada por um número mínimo de estados da união. É exatamente neste ponto que se inicia todo um processamento secreto que levou à lei NESARA. Uma ordem judicial extremamente estrita “de mordaça” (segredo) foi imposta a qualquer pessoa diretamente envolvida com este assunto, os registros dos casos na Corte foram selados, e o número do processo que dava detalhes do caso foi revisado até após a conclusão da implementação das determinações de reforma da Suprema Corte.

Para implementar as reformas aprovadas, cinco juízes da Suprema Corte passaram anos negociando “Acordos” com o governo dos EUA e com as outras partes envolvidas (bancos). Como esses acordos não funcionaram, os juízes autorizaram que as reformas fossem colocadas em forma de uma lei chamada de National Economic Security and Reformation Act (NESARA), que passou secretamente no Congresso, em março de 2000. O segredo de justiça foi mantido através de ordens de mordaça (gag) muito estritas. As notícias sobre a NESARA vazou a público através da inteligência naval dos EUA, em junho de 2000.
A Corte Internacional de Justiça, em Haia, na Holanda, deliberou, em 22/08/2002, que todos os países envolvidos (agora são 182) deveriam honrar seus contratos e mudar seus sistemas bancários em alinhamento com a lei NESARA, como já concordado anteriormente [1]. Todo o processo precisa começar nos Estados Unidos, em um clima de paz. Uma vez anunciado lá, os outros países devem seguir a liderança deles. (SOUZA, Rui – 2007).

Logo após o lançamento da proposta na Internet, o internauta Shaini Candace Goodwin (ex-aluno da Escola Ramtha de Iluminação), sob o pseudônimo de “Pomba da Unidade”, passou a relacionar a rejeição da NESARA no Congresso americano com o atentado terrorista de 11 de setembro de 2001. Segundo a sua teoria (e de outros estudiosos como Sheldan Nidle e Jenifer Lee), a NESARA teria sido aprovada em seção secreta do Congresso americano, em março de 2000, e sancionada pelo então Presidente Bill Clinton, em outubro de 2000; porém, “nunca divulgada ao público ou posta em execução por correr em segredo de justiça”. Isto porque a recusa do Governo George W. Bush em colocar a Lei em execução levou o assunto para a Corte Internacional de Justiça, sediada em Haia, na Holanda. A discussão chegou, também, às assembleias da ONU.

A lei NESARA estava para ser anunciada publicamente, via rede de rádio e TV, às 10h00 horas da manhã [EDT dos EUA], no dia 11 de setembro de 2001. Todos nós sabemos o que ocorreu neste dia: os ataques às torres gêmeas do World Trade Center (WTC) começaram pouco antes das 9h00 horas da manhã naquele dia. Portanto, não existem sequestradores nesta história. O presidente George W. Bush precisava desesperadamente de uma guerra (um álibi), parcialmente para conseguir evitar este anúncio público (o motivo fica claro quando lermos os artigos da NESARA, listados mais abaixo). As vidas dos bombeiros de Nova Iorque correram sério risco quando eles descobriram o assassinato de cerca de 200 empregados bancários, que estavam trabalhando na primeira torre atingida, agilizando os procedimentos bancários necessários para a implementação do NESARA, naquela manhã! (IDEM).

[Imagem: NESARA+-+protestos+1.jpg]

PONTOS CRÍTICOS DA NESARA

A lei NESARA inicia imediatamente um período de paz e determina [2]:

1. Restaura a Lei Constitucional nos EUA (o país vive em lei de guerra atualmente), no exato momento de seu anúncio público.

2. Remove o presidente, vice-presidente e todo seu gabinete de seus cargos, assim como todos os membros do Congresso dos EUA, devido às suas contínuas ações inconstitucionais. Todos eles serão removidos de suas funções pelo anúncio público da NESARA. Pessoal específico para cumprimento de lei irá remover fisicamente todos os membros do governo Bush de seus escritórios. Estas remoções irão permitir um novo começo em nível nacional. Usando a Linha Constitucional de Sucessão, NESARA irá instalar Presidente e Vice-presidente designados aceitáveis constitucionalmente, até que novas eleições nacionais possam ser feitas dentro de seis meses após o anúncio público da NESARA.

3. Como a NESARA abole os estados inconstitucionais de emergência, o seu anúncio público irá declarar a “paz”, e todo o pessoal militar dos EUA no Iraque e Afeganistão serão chamados imediatamente de volta para os EUA.
4. Como remédio parcial para os 90 anos de fraude do governo e dos bancos, a NESARA exige zerar as dívidas em cartão de crédito e a implantação de alívio de débito a ser dado a todos os norte-americanos.

5. Inicia o Sistema do Banco do Tesouro dos EUA, com uma nova moeda do Tesouro dos EUA, lastreada em ouro (que foi extinto pelo presidente Nixon). A Reserva Federal [o Federal Reserve é uma empresa privada, não federal, pertencente aos illuminati] é extinta e suas instalações, e a maioria dos funcionários, são absorvidas pelo Sistema do Banco do Tesouro dos EUA [US Treasury Bank System].

6. Extingue o imposto de renda nos EUA e cria uma taxa de venda nacional aplicável a itens novos não-essenciais, como receita para o governo. Itens essenciais, como alimentos e remédios, e itens já usados, ficam isentos de taxa de venda.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s