INTRATERRENOS – ÓTIMO TEXTO EXPLICATIVO.

Vale salientar que a comunicação com seres do interior da Terra assim como de fora dela é feita mediante telepatia.

Como há ótimas matérias na internet sobre o assunto me dou ao trabalho apenas de reuni-las em um mesmo local para sua disseminação.

por T´Agor da estrela de Nunki de sagitário

A minha intenção é ajudar vocês a entender o processo evolutivo que o vosso planeta já passou e que por questões cíclicas orbitais voltará a ocorrer, criando assim uma repetição de antigos ciclos que ocorreram muitas vezes antes do meu povo chegar a este planeta.

Pertenço a um povo energético, poderíamos ser considerados simbiontes psíquicos do plano astral em sua forma de entendimento, todavia isso é incorreto, pois os parâmetros são bem diferentes e vocês não possuem esses parâmetros para tecnologicamente ou intelectualmente entender. Somos seres de energia de uma 6 dimensão ou densidade, pertencemos a um grupo muito antigo de esporos de energia multidimensional que se originou pela vontade do mais além e autorizado pelo diretor galáctico Shamuna-Akeranus, um ser que vocês acreditam conhecer pelas antigas escrituras, mas lhes garanto que é um profundo engano e mal entendido, mas será assunto para um outro momento. Nosso ponto original até onde nos recordamos em nossa essência ocorreu no núcleo da constelação de Sagitário na estrela de Nunki, esta estrela fica a aproximadamente 224 anos-luz do vosso planeta. Esse setor da galáxia apresenta uma elevada concentração de matéria estelar e estrelas, o que gera um elevado gradiente de energias radioativas e concentrações gravitacionais muito intensas, motivo pelo qual desconhecemos formas de vida com alta densidade molecular como a do vosso planeta e quadrante. Todas as formas de vida ou de consciência que conhecemos desse setor pertencem a uma realidade energética que vocês definiriam como espiritual ou astral, além do que definem de 3D.

Somos seres de energia com uma capacidade de acoplar a nossa consciência a qualquer outra forma de vida, passando a viver as experiências dos nossos hospedeiros. Nossa sociedade acabou ao longo de sua evolução nesse setor se espalhando entre o conglomerado de estrelas vizinhas para gerar uma grande malha psíquica de captação estelar. Nossa meta era encontrar outros logos solares e iniciar a viagem de reencontro com outras formas de vida similares ou além da nossa condição, por isso nos deslocamos para as estrelas de Ascella (89 anos-luz), Kaus Borealis (77,3 anos-luz), Kaus Australis ( 144,6 anos-luz), Kaus Media (305,6 anos-luz) e Alnasi (96 anos-luz), criando uma gigante malha partindo de 6 estrelas do setor que se apresenta no braço espiral mais profundo que o vosso em relação ao bojo central da Via Láctea.

Essa malha tinha como objetivo mapear formas de vida partindo de emissões de energia psíquica abstrata, não formas físicas abaixo da nossa estrutura, pois já tínhamos conhecido muitas em nossa rota evolutiva e queríamos algo mais transcendental para o nosso propósito evolutivo e compreensão da nossa própria existência e o que poderíamos realizar no contexto galáctico ou além dele, queríamos poder acessar mais do que as limitadas realidades multidimensionais que já dominávamos. Como somos de natureza energética, podemos nos deslocar pelo espaço em dobras de tempo e fendas dimensionais, que curvam o tempo espaço, o que significa que nos deslocamos muito mais rápidos que a luz, usando os parâmetros humanos que vocês possuem.

Em nosso tempo relativo que não pode ser mensurado pelo seu de 3D, descobrimos que muitas estrelas representavam o que vocês podem definir como logos Crísticos para a galáxia, gerando assim importantes vórtices de energia evolutiva. Mapeamos a nossa galáxia com mais de 350 estrelas com essas características, estudando a evolução de cada setor com as raças entre 4D e 5D respectivamente pudemos verificar os pontos críticos e com maior desarmonia e os puramente harmônicos. Foi um processo muito interessante e esclarecedor sobre o desdobramento de diversas formas de vida, o que incluía a nossa forma energética.

Nossa sociedade é simbionte e possui uma característica interessante que é sermos seres individuais, porém também possuímos uma consciência coletiva associada entre nós, além de sermos andrógenos. Essas características permitiu-nos manter a nossa individualidade e ao mesmo tempo estudar diversas formas de vida em nosso setor. Com o tempo, alguns grupos partiram para o setor da estrela de Formalhaut, Achemar e Acturus, isso ocorreu há muito tempo da nossa contagem, o que significa antes da Terra receber muitos dos seus visitantes e deuses, há mais de 2 milhões de anos terrestres.

A nossa sociedade se dividiu em 10 famílias e partiu em diversas direções antes do estudo da malha que nos permitiu acessar a frequência dos logos cósmicos, pois eles efetuaram a sua comunicação através dos Elohins sagrados para com a nossa consciência coletiva. Em nosso chamado por formas de vida mais sutis e complexas recebemos dos logos um pulso de vida e informação.

É muito importante que compreendam que a nossa sociedade não tem relação com as Federações e outros grupos siderais próximos ou ligados às 88 constelações, pois não estávamos limitados por uma estrutura física corporal como a maior parte dos povos siderais, éramos e continuamos a ser energia pura, similar a luz solar, podendo nos irradiar para onde queremos. Isso permitiu, inclusive, acessar muitos dos povos estelares e das Federações, mas não compartilhávamos da mesma necessidade de poder e conquista, nossa meta era é ainda é entender o criador e a vastidão do universo, aprender e no tempo certo nos fundir com essa essência primordial.

A nossa relação com as distintas Federações inicialmente foi amistosa, mas quando quiseram nos utilizar como marionetes para conquistar outros povos para seus interesses imperialistas nos afastamos e cortamos relações com as principais e manipuladoras, pois não compartilhamos essa frequência. Somos uma sociedade que respeita a vida e o próximo e não acreditamos no poder pelo poder. Foram poucas as sociedades estelares do seu quadrante que mantivemos e ainda mantemos relações harmônicas e respeitamos como a nós mesmos, pois assim merecem ser reconhecidos. Revelo isso para assimilarem que vocês, membros da atual humanidade, possuem uma herança genética desarmônica que é resultado do material genético que possuem de seus ancestrais estelares e imperialistas que fizeram do vosso planeta um planeta de escravidão e pesquisas não harmônicas.

Em nossa jornada aprendemos a valorizar a harmonia, pois o universo é um conjunto de frequências que se sustentam pelas leis da harmonia. O povo que melhor soube reconhecer essa situação e a aproveitou de forma admirável foram nossos amigos da estrela de Canopus com os quais até o presente momento temos harmônicas relações evolutivas e aprendizados fantásticos, pois eles foram um dos povos que transcenderam além da malha criacional que conseguíamos penetrar com a nossa característica energética. A nossa espécie tem a capacidade de se desdobrar em frequências além da nossa realidade de 6D, porém encontrávamos limites na frequência de 8D. Com o tempo, após criarmos a malha estelar com as 6 estrelas e descobrirmos as frequências e comunicações dos logos e de alguns Elohins, chegamos aos seres de Canopus. Parte da nossa sociedade partiu rumo a outros patamares da evolução além do que poderíamos definir de 8D, a outra parte escolheu aprender mais sobre a diversidade da vida junto aos 350 logos catalogados e a certos planetas que possuíam características anormais, ligadas a uma malha eletromagnética e gravitacional diretamente aos interesses do diretor Shamuna que nunca chegamos a conhecer, uma vez que somente a irradiação dele era conhecida.

Esses mundos possuem a característica de abrigar diversas formas de vida e possuem portais interdimensionais deixados pelos Arquitetos do universo. Esses seres são uma lenda entre os povos mais antigos da galáxia e em muitos locais encontramos referências sobre a sua existência. O tempo deles em nossa galáxia deve ser estimado em pelo menos 8 bilhões de anos ou mais pelo que conseguimos entender nos achados arqueológicos em diversos planetas. Pelo que sabemos, existem cerca de 10 mil planetas desse gênero em nossa Via Láctea que é o nome que vocês dão a esta galáxia, o planeta Terra é um desses 10 mil planetas.

É por esse motivo que eu e meu grupo viemos para a vossa estrela Sol, para iniciar um estudo relativo ao logos solar de vocês e aos planetas que apresentavam indícios da presença e visita dos Arquitetos do universo. Pelo que conhecemos são seres de procedência energética similar a nossa, porém com a condição de usarem corpos físicos quando necessário e responsáveis pela construção de estruturas geodésicas e multidimensionais em diversos pontos da galáxia, criando uma formidável malha de portais interdimensionais que ligam a nossa galáxia a centenas de pontos no restante do universo além dos aglomerados de estrelas visíveis com equipamentos.

Estávamos em busca de uma fonte de registros e informações que conta a história do universo. Nosso povo se dividiu para poder cada qual buscar aquilo que sua essência desejava. Nossos 10 grupos deram início a essa jornada e o meu grupo teve como objetivo o estudo dos logos do Braço de Órion, iniciando pela estrela Sol, depois Betelgeuse, Sírius Alfa, Aldebaran, Mi Cefei e finalmente, W-Canis Maior. Nosso grupo inicialmente possuía cerca de 25 mil indivíduos que chegaram ao planeta Mercúrio como ponto de observação e estudo preliminar, antes do desdobramento das ações futuras, isso ocorreu há cerca de 390 mil anos terrestres. Mercúrio apresentava seres sutis humanoides que mantiveram contato com a nossa sociedade de forma amistosa e trocamos muitas experiências e informações a cerca do universo. A esta altura que soubemos que muitos povos das Federações locais usavam alguns planetas como rotas comerciais para as Casas de Comércio e pesquisas genéticas, de forma similar ao que já ocorria em nosso quadrante por parte da Federação de Antares e de seus associados. Eram poucos os planetas que apresentavam raças primordiais e detinham o controle sobre seu planeta sem a intervenção externa das Federações ou Casas de Comércio. Nesse ponto, a Casa de Cre’Ator representa uma das mais influentes na estrutura humana.

Depois de muitos estudos e visitas aos principais planetas do vosso sistema solar nosso grupo decidiu se dividir e seguir adiante com os estudos nos outros logos solares. Um grupo ao qual eu pertenço de 2700 indivíduos ficou no sistema solar e iniciou as tarefas de estudo e pesquisa em todos os planetas e satélites que mereciam interesse do nosso grupo em relação ao nosso propósito. Nossa chegada ao planeta Terra ocorre há 327 mil anos, antes disso estivemos estudando o restante do sistema solar e sua biodiversidade multidimensional, além de seus habitantes, o que pode ser uma futura história que poderei relatar.

Nosso ponto de chegada escolhido foi nas ilhas Carolina no Pacífico Central, na época que isso ocorreu existia nesse setor um gigantesco continente que era denominado de MÚ. Este continente apresentava características inéditas de realidades de 5D e 6D materializadas para o patamar de 3D e 4D. O trabalho dos principais Devas e hierarquia planetária foi algo muito especial para os engenheiros siderais que atuaram nesse projeto, foi o que nos fez querer conhecer e interagir com esses seres. Nossa primeira tarefa foi aprender a nos fundir com o plano Dévico da Terra e com as hierarquias planetárias primordiais. Descobrimos a existência de uma realidade paralela de seres Crísticos ligados aos Arquitetos do universo, que por sua vez, apresentavam seres da linhagem dos Elohins e dos Ciclopes como os antigos construtores do vosso planeta, seres de um amor e harmonia muito acima do que tinham vivenciado com a nossa capacidade de fusão psíquica. Foi neste planeta que descobrimos a energia feminina Crística, através da essência divina da consciência planetária primordial. Começávamos a entender a fusão entre a energia dos Logos Estelares e dos 10 mil planetas decimais como a Terra. A nossa busca tinha sido pelo espaço macrocosmos até esse momento, mas na Terra descobrimos o microcosmos e a essência divina da vida que nós possuíamos internamente revelado na egrégora do ser feminino que é o planeta Terra.

Para nosso grupo foi uma descoberta fantástica e reveladora, pois no reino dévico conhecemos aspectos das realidades paralelas que não representavam as ações dos grupos externos das Federações e Casas de Comércio que até então tinham se apresentado com o interesse de utilizar nossa condição psíquica. Com este encontro pudemos compartilhar algo mais profundo que o conhecimento ou o poder, foi algo muito além, que mudou a percepção do nosso grupo frente a tudo o que tínhamos expressado.

Ressonantemente outros grupos que tinham se deslocado para a estrela supergigante Betelgeuse apresentaram relatórios similares de fusão com seres de uma magnitude diferente. Esses seres ou energias tinham muita semelhança com os Anciões do Sistema de Canopus com os quais tínhamos aprendido muito e outros grupos de nossa raça ou consciência tinham acompanhado para esferas superiores de expressão da consciência. Foi o ponto de encontro com a egrégora de um outro Ancião denominado por vocês de Metraton e seus fragmentos, algo que permitiu encontrar uma parcela da nossa herança estelar há muito perdida no tempo, pois nós mesmos já tínhamos perdido a nossa origem, já que ela nunca foi identificada. Sempre soubemos que éramos filhos ou produto de uma superinteligência de outro lugar no universo, mas as informações não estavam acessíveis. A nossa estrutura definia que nossa sociedade nasceu grande, ou seja quando surgimos e adquirimos a consciência de existirmos, já estávamos amadurecidos como no momento presente, mas não tínhamos a experiência e nem a compreensão da mesma, isso nos motivava a buscar informações e estudo, respostas sobre tudo, na verdade é o que impulsiona a nossa sociedade e consciência coletiva até o momento.

Em nossa busca encontramos traços das energias que foram as que ajudaram em nossa criação. Poderíamos dizer que essa superinteligência seria uma Mônada como o facilitador Rodrigo Romo – Yaslon Yas denomina para vocês. No entanto, não participante do processo encarnacional de outras formas de vida como as que já tínhamos encontrado, porém algo que se encontrava numa rede psíquica mais além, porém tangível em todas as realidades paralelas que tínhamos acesso. Foi o motivo que nos fez acessar e colaborar em determinados momentos com alguns grupos das Federações foi a nossa sede pelo conhecimento e entendimento da criação. Fizemos associações acreditando que através delas poderíamos conciliar a imaturidade dos povos estelares tecnológicos com a nossa busca por respostas através da alma deles, o que se revelou um erro. Porém, serviu de experiência para entender as programações genéticas que muitos desses povos trazem em sua codificação genética, da mesma forma que a humanidade dos últimos 30 mil anos também carrega fortemente intrínseca em sua estrutura emocional.

Vocês na Terra apresentam uma condição peculiar que é emoções x sentimentos, essa combinação gera reações bioquímicas nunca antes pesquisadas e encontradas em formas de vida primárias em 3D e 4D. A Terra foi um dos primeiros mundos a armazenar essas combinações, provenientes de experimentos anteriores em 4D em outros mundos no interior da constelação de Plêiades. As combinações genéticas de sua raça possuem a mistura de grande parte dos grupos imperialistas das Federações dos últimos 4 milhões de anos do seu setor galáctico. Nossa raça participou em experimentos simbióticos no setor de Antares e posteriormente foi levada até a estrela de Polaris onde se repetiram os experimentos por parte do grupo de Sírius Alfa, gerando formas simbióticas com alto gradiente emocional, seres que continuam a sua jornada combinada com a genética desses grupos de pesquisadores. Parte deles teve como ponto evolutivo os planetas de Júpiter e Vênus há mais de 1,5 milhões de anos. Esses seres fazem parte da raça que vocês miticamente denominam de elfos, seres humanoides e humanos com uma genética diferente, que possuem uma profunda ligação com o reino dévico do vosso planeta e com as hierarquias herméticas da espiritualidade planetária primordial.

Gostaria de fazer uma explicação fundamental neste relato para vocês, a hierarquia espiritual do vosso planeta se divide basicamente e simploriamente em duas partes. Poderíamos dividir em mais, porém isso representaria uma extensão muito prolongada deste relato, o que não é a intenção. Inicialmente, existe a equipe espiritual primordial do planeta ligada a seus construtores, o que inclui a falange primordial de entidades e o reino dévico dos Ciclopes ou Elohins, posteriormente existe a equipe espiritual dos seres que evoluíram na Terra e ainda prestam serviços para a evolução das humanidades e demais raças residentes em vosso planeta. Essas duas realidade espirituais são bem distintas e possuem diferentes cargos e origens na espiritualidade primordial da galáxia. A hierarquia primordial da Terra é parte da rede de logos estelares e dos planetas decimais galácticos, ligados à energia Crística primordial daquele que vocês denominam Micah. O restante são seres etéricos do astral relativos às Federações e demais equipes que evoluíram ou foram exilados em vosso planeta e com o tempo continuaram a sua evolução no planeta no astral, e em parte são os Mestres Ascensionados com os quais vocês tem captações psíquicas parciais.

Coloco essa diferença para que entendam que nossa essência é parte da primeira equipe espiritual, estamos fundidos com o reino dos Devas e Elohins, somos parte da estrutura atômica dos elementais do universo e do vosso planeta, podemos estar dentro das salamandras, ondinas, sílfides ou qualquer outra forma de vida no universo primordial. Com essas formas de vida estamos conectados diretamente com a criação primordial do universo, o que nos registros do facilitador Rodrigo Romo está denominado de FONTE QUE TUDO É. Os outros reinos e formas de vida passam pelo experimento da individualidade psíquica e emocional de um corpo e seu processo evolutivo.

Com essa referência passamos a estudar e participar do contexto planetário junto da egrégora de energia primordial e com o tempo começamos a estudar e avaliar a atividade das diferentes formas de vida provenientes dos grupos estelares, as mais normais que se apresentaram em vosso planeta nestes últimos 327 mil anos foram o que vocês definem fisicamente como reptilianos, insectóides, dragões, humanoides, zetas, grays, humanos e anfíbios, entre os que apresentam algum tipo de semelhança com alguma forma de vida que vocês tenham como referência. Além disso, existem registros de muitas outras formas de vida anteriores a essas muito além da faixa dos 700 mil anos. Porém, a maior parte desses outros povos já habitava o vosso planeta como seres astrais ou intraterrenos e em muitos casos intraoceânicos. O surgimento de civilizações intraterrenas e intraoceânicas ocorreu diversas vezes nos processos geológicos destes últimos 327 mil anos.

Aqui gostaria de consolidar meu relato, pois eu e o meu grupo acreditamos que devido as situações geológicas e solares que se definem para os próximos 35 anos em vosso sistema solar é necessário que tenham esses esclarecimentos para entender a origem de grupos que na atualidade contatam vocês pelo processo psíquico. Regularmente, a cada 26 mil anos, o vosso sistema solar percorre uma órbita ao redor da estrela de Alcione da constelação de Plêiades. Este conjunto, por sua vez, tem uma transladação ao redor do Hexágono Estelar em média a cada 560 mil anos. Nesses processos o conjunto gravitacional que acompanha o vosso Sol é alterado diversas vezes.

Os acompanhantes mais importantes nesse contexto são Alfa de Centauro, que fica a apenas 4,5 anos-luz da Terra, na sequência, Sírius Alfa que fica a 8,7 anos-luz, Procyon a 11,4 anos-luz e Vega a 25,3 anos-luz. Esses são alguns dos astros que apresentam importante força gravitacional direta na trajetória do vosso astro e do sistema solar, o que gera ciclicamente alterações em seu padrão de reações nucleares internas. Isso está relacionado com o aumento das atividades solares na coroa e internamente do Sol, o que gera fortes tempestades elétricas e radioativas para as órbitas externas. Essa atividade interage diretamente com as reações geológicas gravitacionais e energéticas internas do planeta, criando mudanças no campo eletromagnético e nos pólos do vosso planeta.

Essas alterações ciclicamente geraram em vosso planeta alterações nos continentes que vocês acreditam conhecer, os lendário continentes perdidos da Atlântida e de MU foram alguns do que já existiram há muito, residindo ainda na memória e nas lendas dos povos mais antigos. Uma parte das civilizações teve a oportunidade de ascensionar partindo da vibração de seus corações e com isso ingressar nas equipes ou hierarquias do plano espiritual do vosso planeta. Outras equipes partiram do planeta com a ajuda de seus colaboradores estelares, mas uma outra parte ficou na Terra, pois não tinham condições psíquicas e nem espirituais de ascensionar ou deixar o planeta, então empregaram os seus recursos materiais e tecnológicos para a construção de cidades de evacuação em faixas do subsolo a mais de 10Km de profundidade, permitindo que uma parte da elite social pudesse ser resguardada das fortes alterações que poderiam surgir. Dessa forma, surgem muitas das civilizações intraterrenas e intraoceânicas que se comunicam com a humanidade pelo processo psíquico.

Explico isso pois os líderes mundiais do atual Sinistro Governo Secreto (SGS) tem elaborado projetos e construído refúgios em diversos pontos do planeta para resguardar aproximadamente 35 milhões de seres humanos. Os líderes a que me refiro são os que fazem parte do SGS e do grupo identificado como Iluminatis e seus correligionários políticos. Foi dessa mesma forma que no passado, antes da submersão da Atlântida e de MÚ, surgiram diversas civilizações que atualmente são de Mestres e guias iluminados para vocês. O ciclo está se repetindo. Este ciclo deve ser muito bem entendido, pois ajudará nas futuras escolhas que vocês têm pela frente.

O meu povo aprendeu a amar a humanidade e a admirar o esforço que vocês demonstram, mas também vemos os abusos de poder sem sentido pela ganância para com o próximo e com o planeta que lhes dá o alimento e a vida. Mudanças fundamentais devem ser inseridas em vossas vidas.

Passamos durante muito tempo aprendendo com vocês e em muitos momentos intervindo no abuso de poder dos membros de diversos grupos estelares, que poderíamos denominar de negligentes e insensatos para com o desdobramento de suas atitudes. Muitas de suas atitudes na vossa civilização são um reflexo direto das atitudes que esses deuses do passado ensinaram e plantaram na codificação genética de vocês, entre elas, a escravidão. Os povos do passado foram ensinados a temer os deuses, devido aos castigos que os deuses infringiam à humanidade. Isso é um registro do tempo em que os membros das esferas maiores não estavam presentes. Esses seres das esferas maiores pertencem ao que o facilitador Rodrigo Romo denomina de Confederação Intergaláctica, essa estrutura não estava presente nesse período delicado do vosso planeta e das civilizações da época.

Os grupos das diferentes Federações geraram muitas intervenções religiosas e políticas, para manter o poder fora da legislação das Federações e as Casas de Comércio empregaram tecnologias proibidas em vosso planeta. Tudo isso gerou os fundamentos do processo social caótico que a vossa humanidade vive sem se aperceber. Pelos registros psíquicos que posso compartilhar com Rodrigo percebo como o processo foi muito mais severo do que eu e meu grupo podíamos entender, pois não somos portadores de emoções e sentimentos, temos uma processo energético harmônico que não diferencia emoções de sentimentos. Por isso tivemos que atuar como simbiontes de muitos seres humanos para poder entender o que realmente estava ocorrendo na estrutura psíquica e emocional da humanidade. Através das conversas com Rodrigo e sua identidade estelar chegamos a esta declaração que tem o intuito elucidar a origem dos povos intraterrenos que muitos de vocês acreditam serem evoluções de mestres Ascensos.

Esses povos acabaram ascensionando naturalmente ao terem que viver em sociedades perfeitas e controladas para poder sobreviver nas condições de bases subterrâneas, onde os antigos vícios como tabaco, álcool, guerra, tecnologia nuclear entre outros tiveram que ser anuladas para permitir a sobrevivência em condições extremas e mínimas de espaço e recursos naturais. Isso gerou o amadurecimento e consequentemente a ascensão da maior parte desses grupos. Porém, entendam que ascensão não significa que sejam seres de amor Crístico como se imagina, mas sociedades que tiveram que aprender com seus erros do passado a não cometer novamente os mesmos erros o que acabou por criar sociedades perfeitas e pacíficas. O mesmo ocorrerá com aqueles de vossa sociedade que representam os futuros 35 milhões de habitantes intraterrenos que a Ordem Iluminatis escolherá para as situações de mudança orbital do planeta Terra. Porém, esses processos não serão em 2012 como muitos acreditam, apenas o processo se sentirá mais intenso a partir desse período.

Estamos unidos com os grupos primordiais do vosso planeta para ajudar no despertar, acabamos por ficar mais tempo do esperado em vosso mundo, pela diversidade de seres e energias nele residentes, além da importante conexão com a malha dos 10 mil planetas decimais de energia Crística ao qual pertence. A presença de representantes de Confederação, a própria vinda de Micah à Terra como avatar foi um aspecto inovador no processo político da Confederação e de outras estruturas, a presença de membros da Ordem Voronandeck que nunca antes fora encontrada pelos nossos grupos é um outro detalhe interessante, pois nessa organização encontramos parâmetros dos nossos criadores. Foi através do foco de Voronandeck Solar que percebemos a essência divina dos primeiros registros que originaram a nossa espécie no setor de sagitário.

O retorno dos representantes de Cre ‘Ator para resgatar os erros do passado é um aspecto no qual os membros da Confederação estão atuantes, o que é importante para estabilizar as realidades paralelas do vosso planeta, que estão desalinhadas e geram fortes distúrbios na captação de situações holográficas, que não existem na vossa realidade, mas sim em outras. Muitas das captações apocalípticas são referencias de planos paralelos relacionados ao holocausto nuclear dos anos 90 que na vossa realidade não ocorreu, porém em um outro plano foi devastador e reduziu a civilização a menos de 15% , criando muitos bunkers subterrâneos e sustentando sociedades isoladas.

Queremos esclarecer junto com os representantes das esferas primordiais deste planeta que os hologramas estão relacionados à ressonância psíquica de cada pessoa, gerando assim portais de captação relacionada com esse tipo de sintonia que cada humano acredita ser a realidade que deverá ocorrer. Esse ponto é muito importante no atual momento que vocês estão vivendo, pois o mesmo ocorreu de forma similar antes da submersão da Atlântida, de MÚ e de outros continentes e territórios. Significa que existe um holograma coletivo no inconsciente planetário que gera a informação de submersão e catástrofes. Essas situações não ocorreram e podem ser evitadas conforme a sintonia que a humanidade sustente.

No dia 10-10-2010 foi realizada uma sintonia planetária que  sustentou com milhares de pessoas, gerando assim um processo inicial para os próximos pontos chaves do vosso planeta que são 11-11-2011, 12-12-2012 como vórtices da psique mundial. O nosso trabalho com vocês partindo desse seguimento é ajudar a sustentar a conexão com o Reino Dévico do planeta para reverter os processos apocalípticos das realidades paralelas que se aproximam da vossa realidade existencial.

As formas-pensamentos geradas pelas pessoas que sintonizam catástrofes acabam por atrair essa frequência nos Elementais e Devas da natureza, o que gera uma realidade potencial a se concretizar em vossas vidas. Se vocês entendessem que realmente vocês são o que pensam, passariam a ter mais cuidado com os pensamentos e desejos! O poder das reações bioquímicas do vosso organismo é muito especial, o poder dos sentimentos misturados às emoções geram poderosos vórtices de energia descontrolada que atuam sobre os elementais da natureza de uma forma catastrófica, em muitos casos precipitando acontecimentos que poderiam ser evitados.

O futuro de vocês está diretamente relacionado a essa situação psíquica com a qual tem que aprender a controlar e dominar, pois representa uma das capacidades co-criacionais da herança dos deuses estelares que vocês foram no passado antes de serem exilados ou desenvolverem missões na Terra. Estamos montando um grupo de colaboradores psíquicos para ajudar a reverter o processo apocalíptico, essa é a nossa ajuda ao vosso planeta, pois amamos a Terra e sabemos que vocês fazem parte dela. Por esse motivo procuramos agilizar uma proposta que será criar um grupo planetário para desativar e reverter o contexto apocalíptico de 2012 e em continuação a essa data.

O primordial agora é criar um processo de harmonização para as pessoas que aceitarem serem zeladores da Terra. Ser um zelador da Terra é buscar dentro de si a força e coragem de sustentar um plano divino para que os seres do plano espiritual primordial possam se manifestar em vocês e prepará-los para receber parte da nossa equipe pelo processo de simbiose, ajudando vocês a entender a realidade dos Devas e da hierarquia espiritual primordial. Mais adiante, retomarei esse ponto, primeiro desejo que absorvam parte do que lhes foi descrito para poderem acessar a continuação deste material.

Eu Sou o vosso amigo T’AGOR de Nunki”.

Amigos, teremos mais informações em breve que procurarei expor a vocês. Este amigo pertence a um grupo que trabalha com as equipes do núcleo da Terra na linhagem Crística, porém eles possuem pouco conhecimento de emoções e sentimentos, o que torna muito curioso o contato psíquico.

Um abraço a todos,

Rodrigo Romo.

www.rodrigoromo.com.br


©2015 Solange Christtine Ventura
http://www.curaeascesao.com.br
Obrigado por incluir o link do website quando compartilhar esta Mensagem com outros.

 

FONTE: http://www.curaeascensao.com.br/ascensao_arquivos/ascensao461.html

 

Anúncios

Um comentário sobre “INTRATERRENOS – ÓTIMO TEXTO EXPLICATIVO.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s